Chá de Bebê 27/02/12

Como Organizar o Chá de Bebê

O bebê já está próximo de nascer, é hora de compartilhar toda a alegria com as pessoas próximas que torcem por você! É hora de reunir as amigas para o chá de bebê, oportunidade de te verem bem barriguda (e orgulhosa da barriga!), ajudarem presenteando com itens importantes para a mamãe e bebê e mais do que tudo, comemorar. Como em geral são as amigas quem organizam o chá, e como muitas não sabem como fazer, preparei um roteiro com os principais pontos da organização de um chá de bebê:

O ideal é que o chá de bebê aconteça no 7º mês de gravidez (6º se for de gêmeos). Defina um sábado ou domingo para que aconteça a festa e o local, que pode ser sua casa, jardim, salão de festas do prédio. Data, horário e local definidos, convide alguém para ser a organizadora oficial, pode ser a irmã, prima, a própria mãe da grávida ou melhor amiga. Informe sua organizadora sobre as suas expectativas da festa: quer brincadeiras ou não, quer que os homens participem ou não, quer algo íntimo e simples ou uma grande festa, pode ter bebida alcoólica ou não. Converse também sobre quem irá arcar com as despesas, se a própria grávida ou se a comissão organizadora pode ajudar ou não com os custos de decoração, comes e bebes. Pelo menos o local, fotógrafo (se houver) e lembrancinhas é sugerido que seja por conta da grávida. Em geral a festa dura 3 horas, para não se tornar cansativo para a querida grávida homenageada.

Primeiro defina quantas pessoas cabem no local definido para a festa, afinal é importante que tenha conforto e lugar para todos. Número de convidados definido, pense nas pessoas mais próximas que você gostaria de dividir este momento de felicidade entre familiares e amigos. É a grávida quem deve fazer a lista de convidados e passar a relação para a comissão organizadora convidar. E os homens podem participar também? Normalmente é uma festa só das mulheres, até porquê homens não costumam ter paciência com as brincadeiras, mas nada impede deles participarem se este for o desejo da mamãe!

Pode ser através de um convite impresso (sempre mais elegante, eu com certeza faria o convite impresso), mas o e-mail também vale neste caso. Informe o evento (chá de bebê), nome do bebê, nome da mamãe e papai, data, local, horário de início e fim (como não é uma festa muito longa, é importante informar o horário de término para não correr o risco de ter convidados chegando ao final). Pode ser colocado o contato da organizadora, caso a convidada tenha dúvidas. Lembrando que nunca é elegante estipular o presente a ser dado no convite, porque vira uma imposição. O ideal é que o local da lista de presentes ou opções de presentes seja informado informalmente pelas organizadoras para as convidadas que perguntarem. Mas sei que muita gente prefere colocar as informações de opções de presente no convite por praticidade. Envie o convite entre 30 e 20 dias antes da data do evento.

Tudo fica mais fácil quando um tema é definido! Você vai conseguir escolher tudo – decoração, bolo, lembrancinhas, convite – de forma mais eficiente seguindo um tema. O tema pode simplesmente ser uma cor, como por exemplo tudo amarelo, pode ser sutil, como tudo com bolinhas, ou pode ser temático de verdade como tema ursinho, coruja (mãe coruja, adoro esse tema!), boneca de pano, o que você quiser. Já existem algumas lojas virtuais para facilitar sua vida e comprar enfeites online: Parangolé, Rica Festa, Limão Flor, Doudou.

Pense em coisas fáceis de servir, como mini sanduíches e canapés. Assim você não irá precisar se preocupar com muitos garfinhos e pratinhos. Opções como mini sanduíches, canapés, mini quiches, cupcakes tem outra vantagem: você pode montar na mesa antes do início da festa e não precisa se preocupar mais. Evite alimentos que requerem preparar, esquentar, montar na hora, a não ser que você tenha uma equipe de copeiras para isto. Caso não tenha, seja quem for que esteja organizando o chá, é sempre mais elegante e mais gostoso a pessoa ficar entre as convidadas se divertindo do que correndo na cozinha para esquentar algo, pense nisto! Equilibre opções de “guloseimas” com opções saudáveis também, faz bem! Eu costumo sempre encomendar opções gostosas de canapés e sanduíches na Da Santinha, Zest in the box, Neka to go, Finger Food. Cupcakes, tarteletes e brigadeiros também sempre fazem sucesso, eu gosto de comprar na Soul Sweet, Sweet Carolina e Flavia Andrada. Para acompanhar todas as gostosuras, deliciosos chás, sucos naturais e espumante (por que não!).

A lista de opções de presentes deve ser definida pela grávida (só ela sabe o que gostaria ou precisa ganhar), e informada para a pessoa que está ajudando na organização do chá. Para cada convidada, escreva algumas opções de presente que ela pode comprar, dentro das opções que a mamãe definiu. Muitas vezes a organizadora defini no convite o presente que a convidada deve ganhar, mas eu particularmente não acho isso legal, é uma imposição, e nenhuma festa que começa com imposição é legal. Dê algumas opções de valores diferentes. Outra opção é definir que os presentes sejam apenas pacotes de fraldas, que são sempre úteis. Algumas lojas como Alô Bebê já oferecem o serviço de lista de presente, assim como existe para lista de casamento. Veja a sugestão de lista de presente sugerida pela loja clicando aqui.

Na minha opinião não são obrigatórias. A verdade é que hoje em dia, com a correria de todo mundo, é tão difícil conseguir juntar todas as amigas que quando isso acontece, o legal é aproveitar o tempo para conversar, rir, se abraçar. Um chá de bebê não precisa ter brincadeiras, pode ser apenas um pretexto para reunir as amigas em homenagem à grávida, ajudá-la com o enxoval presenteando com um item e comemorar. Mas se a grávida faz questão do ritual das brincadeiras, então tudo bem, pode ter! Apenas se atente em não ser algo longo e não divertido para as convidadas e a própria mamãe. A mais tradicional é adivinhar o presente recebido e se errar, deve acatar ao castigo escolhido pela organizadora. Outra brincadeira gostosa é cada convidada levar uma foto de quando ela era bebê ou criança, e a grávida ter que adivinhar!

Hoje em dia é comum contratar um fotógrafo para registrar esta festa especial! Ótima lembrança para sempre e oportunidade de ter fotos bacanas com suas amigas e familiares. Este gasto deve ser da própria mamãe, mas vale a pena investir! Para uma lista de fotógrafos, veja no nosso Livro dos Desejos.

Não é obrigatório, mas já que a convidada foi até sua casa e levou um presente, é sempre educado retribuir com uma lembrancinha. Evite “bobeirinhas” com o nome do seu filho impresso, por mais fofo que seja sempre irão para no fundo da gaveta ou lata do lixo. Pense em lembrancinhas comestíveis como um cupcake, uma latinha de cookies, biscoitos decorados. Ou em algo que seja útil.

Boa festa!