FIQUE POR DENTRO

Cadastre-se abaixo e receba as todas as novidades do Vestida de Mãe!

JÁ SOU CADASTRADO(A)

Quarto do Bebê Leo com orçamento enxuto

Izabella Penna Escabeche é arquiteta, mãe da Stella e colaboradora do blog com suas dicas sobre quarto do bebê e criança.

O projeto do quarto do Leo foi todo pensado a partir de um orçamento enxuto. Os pais não tinham um valor em mente, mas também queriam um projeto com soluções econômicas e que não comprometessem a qualidade do resultado final.

O berço e a cômoda foram herdados da Isa, irmã mais velha do bebê, e como estavam em ótimo estado de conservação nem foi necessário fazer qualquer tipo de reparo. A poltrona de amamentação e o pufe vieram da sala de tv da família e por ser confortável foi a eleita para a nova função. O tecido original já estava bem manchado, mas o tapeceiro trocou por um tecido mais resistente e a poltrona retrô que já era linda ficou novinha em folha! E quando não servir mais para amamentar poderá voltar para o lugar de origem.

A cômoda possui a largura exata do trocador e aí não sobraria espaço para o kit higiene. A solução foi colocar um carrinho de apoio ao lado da cômoda para colocar potes de algodão e cotonete, garrafa térmica e outros itens de higiene do bebê. E o carrinho também funciona como uma mesa lateral para apoiar garrafa de água e livro da mamãe e também pode acomodar os brinquedinhos e livros do Leo.

Como o mobiliário já estava praticamente resolvido e comprometeu uma parte pequena do orçamento, foi possível investir em itens de decoração duradouros e de qualidade.

O tapete redondo ocupa boa parte do piso do quarto e parece abraçar o espaço livre onde o Leo irá brincar muito. E é um modelo antialérgico e lavável na máquina de lavar roupas. Muito prático!

O papel de parede geométrico foi aplicado em meia altura para dar um destaque maior na parede e assim o valor do papel de parede foi reduzido pela metade! O rodameio branco faz a transição suave entre o papel e pintura.

A parede lateral da porta de entrada ganhou destaque com a luminária linda com carinha de leão (uma referência ao nome do bebê), nicho com adornos, quadro e cabideiro que irá acomodar bolsa de fralda, naninha e mochila da escola.

Ah, e reparem nas fotos que os potes para algodão e cotonete foram substituídos por cestinhos de crochet de fio de malha para dar um toque diferente no kit higiene. O cesto de brinquedos também é de fio de malha e irá durar por muitos e muitos anos.

Leo nasceu na madrugada seguinte ao dia das fotos do quarto e veio com muita saúde para este mundão!


Fornecedores:
Tapete redondo: Baú da Lulu
Luminária Leão: Pabu Studio
Papel de parede: Uauá Baby
Estrela branca: Artiê Design
Nicho quadrado e lixeira: TokStok
Bandeirola berço e móbile: Ateliê Baobá Pitucos
Carrinho de madeira de apoio: Leroy Merlin
Cestos kit higiene e brinquedos em crochet de fio de malha: Studio Afinco
Peças de porcelana kit higiene: Festinhas Manuais
Almofada Leão: Ateliê Plákiança
Almofadinhas urso e bicho preguiça berço: Pequenos Plurais
Ilustração quadro: Etsy
Cabideiro: Deco Casa

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE

Inspiração | Festa Infantil Tema Cisne

Estou encantada com essa produção que a Analu Bertelli da Creazioni fez com o tema cisne – um tema tendência para festas infantis. Consigo imaginar essa festa tanto para um chá de bebê como batizado ou festa de 1 ano. O conceito é romântico e sofisticado, com peças em dourado, cristal, porcelana clara e murano.

Reparem na cartela de cores com uma paleta pastel, partindo do branco, offwhite até chegar num rosa bem suave. A mesa cor de rosa bem clarinho complementou o cenário pois ajudou a destacar as peças escolhidas.

A Analu da Creazioni conta mais detalhes: “Para seguir esta proposta delicada, optamos por espécies de flores como a Hortência, a Rosa Spray, a Rosa Vânia e as Perpétuas (brancas) que deixam os arranjos com certo movimento. Adoramos utilizá-las. Os acabamentos foram feitos em Cinerária e Eucaliptos por terem um tom de verde mais suave. Um dos destaques ficou para o arranjo único de Antúrios brancos, que fizemos em um vaso de Murano com fios de ouro. Este tipo de Antúrio não é muito fácil de se achar, por isso quisemos dar ênfase a ele, em um arranjo único. Os doces decorados seguiram a mesma proposta e foram decorados com penas de Cisne e toques de dourado para dar requinte e conversarem com as peças escolhidas”.

Relações profissionais

Fotos: Ricardo Durand (SP)

Projeto, Decoração e Arranjos: Creazioni por AnaLu Bertelli (SP)

Acervo: Ella Arts (SP)

 

Bolo: Manô Andrade (SP) 

Doces decorados: Deborah Tami (SP)

CONVERSE COM A GENTE

Viagem com Bebê e Criança | Hot Beach Olímpia

Talvez você já tenha ouvido falar ou mesmo ido para Olímpia, interior de São Paulo, onde se contra um dos parques aquáticos mais visitados do mundo, o Thermas dos Laranjais. Em 2017, na mesma cidade, abriu um novo parque aquático, o Hot Beach Olímpia, focado em famílias. São bem menos visitantes por dia, o lugar é lindo, cheio de coqueiros, água transparente e naturalmente quente, limpo. Foi uma experiência muito gostosa – tem praia artificial, piscina com onda, togoáguas grandes, rio com correnteza e uma parte infantil maravilhosa, tanto com área para os pequenos como para crianças maiores e escorregadores de vários tamanhos. O mesmo grupo investidor do Hot Beach Olímpia tem 3 hotéis na cidade: o Thermas Park, o Celebration e inagurado agora em Julho de 2018, o Hot Beach Resort. Foi no novíssimo Hot Beach Resort que ficamos hospedados.

Data: Julho de 2018

Idade das crianças durante a viagem: Nicolas com 3 anos e Oliver com 8 meses

Distância de São Paulo: cerca de 440km, de carro foram 6h30 de viagem com 2 paradas, sendo uma parada longa para dar almoço para o bebê.

O que mais amamos: Sobre o hotel, gostamos do hotel ser ao lado do parque, com acesso exclusivo e já incluso nas diárias. Para quem está com bebês e crianças pequenas, faz toda a diferença porque não precisávamos passar o dia inteiro no parque, depender de carro, estacionamento etc. Era só atravessar o portão e já estávamos no parque. Assim, nós íamos e voltávamos do parque sempre que precisávamos – eu preferia dar o almoço do bebê no hotel por ser mais tranquilo e o pai continuava com o Nicolas no parque, foi bem prático.

O hotel é enorme, sã0 484 quartos, a maioria com 2 camas queens no quarto. Disponibilizaram berço e banheira para o bebê. A equipe de recreação é animada. Durante a semana em que estive no hotel, todos os dias às 18h, horário de fechamento do parque aquático, começava a recreação na piscina (aquecida a 32 graus) do hotel. Ou seja, todos saíam do parque aquático e a animação continuava na piscina do hotel. Todos os dias também teve recreação infantil para crianças acima de 4 anos.

Destaques: para mim, o ponto alto do hotel é o fato de ter acesso exclusivo ao parque aquático e incluso na diária do hotel

Poderia melhorar: De forma geral ainda acho que a empatia dos hotéis por bebês e crianças pequenas ainda precisa ser melhorado. A experiência que já tive a oportunidade de ter em hotéis no exterior focados em família é bem diferente do que os hotéis aqui propõem. Acho que falta encantamento! Faltou funcionários felizes tornando nossa experiência acima das expectativas! A maioria dos funcionários estão “em treinamento”, mas não senti aquela magia para lidar com famílias em férias, sabe? Alguns pontos:

 Logo no check-in você tem que assinar um documento confirmando que não pode trazer alimento para dentro do hotel. Isso já constrange mães como eu, que no caso levei as papinhas congeladas do meu bebê e tive que conversar com um supervisor por estar trazendo comida. Também não foram de forma alguma solícitos comigo em relação à papinha – normalmente nos outros hotéis que vou sempre tem geladeira/ congelador na Copa do Bebê ou oferecem para ser guardada na geladeira do hotel. Lá isso não é possível, teve que ficar no frigobar do quarto – o que eu achei que não fosse dar certo, mas até que o frigobar era bom e aguentou.

A regra dos hotéis do grupo é oferecer apenas uma toalha de piscina por pessoa pela estadia inteira. Achei bizarro, en se tratando de hotel com perfil família em que passamos o dia inteiro na piscina. Pra quê economizar nesse ponto? Eu, que iria passar 6 dias e com bebê, teria que usar a mesma toalha molhada a semana inteira com meu bebê. Por conta dessa regra muitas pessoas penduram as toalhas na varanda do apartamento para secar, deixando o hotel bem feio.

A brinquedoteca não tem opção nenhuma para bebês abaixo de 2 anos. Muitas mesas e cadeiras para atividades, poucos brinquedos, uma TV com música alta o dia inteiro. Inacreditável o conceito de brinquedoteca no Brasil ainda ser esse com uma TV ligada, enquanto deveria ser um lugar lúdico.

A Copa do Bebê é no térreo, junto com toda área social do hotel e ao lado da piscina, com porta aberta. Isso faz com que todos os hóspedes do hotel usem a Copa do Bebê para encher suas garrafas de água – deixando o ambiente sempre sujo, com muitos copos usados na pia, chão molhado etc. Não existe um cadeirão ou área de oferecer papinha do bebê na Copa. é bem diferente de outros hotéis em que já estive em que a Copa do Bebê fica sempre próxima aos quartos, muitas vezes com acesso por chave somente para quem tem bebê menor de 3 anos.


Contato:
Site: www.hotbeach.com.br
E-mail: [email protected]

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE