FIQUE POR DENTRO

Cadastre-se abaixo e receba as todas as novidades do Vestida de Mãe!

JÁ SOU CADASTRADO(A)

10 lugares para passear com bebê em São Paulo

Aumentar o repertório de vivências dos nossos filhos é sempre maravilhoso. Abaixo sugestões de atividades em São Paulo com bebês!

De 0 a 6 meses:

Se o seu bebê tem de 0 a 6 meses, qualquer passeio para algum lugar agradável para ser interessante para ele. Escolha um que você goste de frequentar, que te faça bem, e vai ser bom para o bebê também. Passear de carrinho nas praças e parques, sentir a grama, olhar a copa das árvores, respirar ar puro. Tudo isso é enriquecedor para o bebê.

De 6 meses a 2 anos:

Depois que ele faz 6 meses – costumo dizer que é a maioridade dos bebês: já pode passar protetor solar, repelente e começa um mundo de possibilidades de interação. Abaixo alguns lugares que os bebês – junto com seus pais – vão ter bons momentos.

 Casas de Brincar: na cidade de São Paulo existem diversas casas de brincar com espaços lúdicos para bebês a partir de 6 meses. Muitos destes lugares com atividades de musicalização e exploração sensorial. Verifique o post com minhas visitas pelos espaços de brincar clicando aqui. Atividade Paga.

 Biblioteca Villa Lobos: Todos os sábados e domingos, das 10h30 às 11h15, num espaço com tapete emborrachado, muitos livros e alguns brinquedos acontece contação de história para bebês – programa de iniciação e estímulo das potências cognitivas de crianças entre 6 meses e 4 anos, por meio de experiências lúdicas com os livros. É sensacional e gratuito. Veja mais informações no post completo aquiAtividade Gratuita!

 Fazendinha Estação Natureza: uma opção de apresentar os animais de fazenda dentro de SP, pertinho do aeroporto de Congonhas. Tem vaca, ovelha, cabras, galinhas, patos, gansos, pavão, coelho, porco, tartaruga, cavalo… As crianças e bebês podem interagir com os animais, dar alimento para os animais. Achei bem bacana poder apresentar os animais sem precisar ir longe! Veja o post com informações completas clicando aquiAtividade Paga.

 Parque Buenos Aires: o parque, no meio de Higienópolis, teve o parquinho todo reformado pela empresa de brinquedos Erê Lab e à pedido das mães que frequentam o local, foi colocado um balanço de bebês. Tem também uma grande quadra de areia cheio de bebês tendo experimentações sensoriais brincando muito. Ambiente super agradável para passear com o bebê. Atividade Gratuita!

 Praça Sol Peres: O diferencial desta praça é que tem esguichos de água saindo do chão para os bebês brincarem com água. Bem comum no exterior, é o primeiro lugar que vejo aqui em SP com essa brincadeira de água. Os bebês amam. Leve uma toalha pequena, uma troca de fralda e deixe os bebê se divertir muito com os esguichos. A praça foi recentemente reformada e é toda linda. Atividade Gratuita!

 Sesc Vila Mariana: Tem um espaço fixo para bebês e crianças pequenas, sendo que dentro da sala tem até um espaço acolchoado para bebês que estão aprendendo a rolar. Diversos tipos de brinquedinhos, canto de leitura, vários estímulos sensoriais. É gratuito e o bom é que sempre tem outras mães/ pais na mesma fase que você para conversar. Atividade Gratuita!

 Sesc Pompeia: Também tem um espaço fixo de bebês e crianças pequenas, com área reservada para bebês cheio de acolchoados, brinquedinhos e estímulos sensoriais. Assim como o SESC acima, o que acho mais bacana é que é um espaço gratuito onde o bebê vai ter estímulos diferentes do que tem em casa, ver outros bebês e os pais conhecerem outros pais na mesma fase. Atividade Gratuita!

 Sesc 24 de Maio: Já sabem que sou fã de SESC né? Tem vários SESCs nesta lista porque de fato é um dos melhores lugares para brincar com bebês. O SESC 24 de Maio é uma das unidades mais recentes e por isso tudo ainda tem cara de novo. O espaço para crianças é dividido entre crianças pequenas e grandes e os brinquedos lá são da empresa Erê Lab. Tem vários cantinhos com brinquedos, tecidos, texturas para bebês explorarem. Atividade Gratuita!

 SESC Av. Paulista: A unidade mais nova do SESC tem estrutura para receber mãe de bebês junto com o espaço de brincar. Sala de amamentação, trocares de fralda, até espaço para dar banho no bebê e microondas se precisar esquentar papinha. Tem também banheiro infantil, com vasos sanitários e pia na altura das crianças. Parece primeiro mundo. Nesta unidade fica um pouco mais misturado as crianças maiores correndo pelo espaço e bebês, mas mesmo assim vale muito a pena, brinquedos Erê Lab para eles explorarem. Atividade Gratuita!

 Aquário de São Paulo: Talvez o bebê não entenda de fato o passeio, mas fundo do mar é sempre lúdico. Ver o movimento, as cores, os animais marinhos. Um passeio interessante para adultos e bebês. Veja informações e valores atualizados no site do local clicando aquiAtividade Paga.

Deixe nos comentários outras sugestões de lugares!

 

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE

12 dicas para viajar para Disney com bebê e criança

Viajar para Orlando é o máximo! Meu objetivo aqui é que fique ainda mais fácil você organizar tudo. Segue o passo a passo da minha organização, com o ponto de vista de mãe para viajar com bebê e criança.

 Estude o calendário de lotação dos parques

Uma coisa é fato: não existe mais Disney vazia. Os parques são cheios, muitos cheios. Já vá com a expectativa balanceada. Antes de agendar a viagem, analise um calendário de feriados americanos. Feriados e datas como Spring Break fazem o parque ficar ainda mais cheio.  A semana do feriado de Thanksgiving em Novembro e o final de ano são os mais caóticos. Existe um site que disponibiliza um calendário de lotação de parques. Lógico que é uma previsão, não existe bola de cristal, mas ali já é possível ver claramente a previsão de dias mais lotados, bem como horário de funcionamento de cada parque. Clique aqui para ver o Calendário de lotação dos parques.

Detalhe interessante: existem as Extra Magic Hours, que são horas extras para quem estiver hospedado nos hotéis da Disney. Repare que muitas vezes o parque fica mais cheio justamente em dias que tem as Extra Magic Hours – fácil entender, afinal são mais de 25 mil quartos nos hotéis Disney, multiplicado pelo número de pessoas hospedadas em cada quarto. Mesmo quando eu fico em hotel Disney, eu fujo dos parques que tem a Magic Hour no dia, pois provavelmente é onde a maioria irá.

 Monte o seu calendário

Depois de ter estudado o calendário de lotação dos parques, crie o seu calendário. Isso vai ser importante para o próximo passo, que é comprar os ingressos dos parques e agendar os Fastpass. Para agendar os fastpass, você precisa saber exatamente quais dias quer ir em cada parque. O mesmo para quem pretende agendar restaurantes dentro do parque. Alguns esgotam com meses de antecedência. Quanto antes você souber o seu roteiro, melhor.

Não esqueça de programar dias de descanso entre alguns parques, porque é um programa bem cansativo e intenso mesmo para adutos, imagina bebês e crianças. Bom ter um dia para aproveitar piscina do hotel, dia das compras caso vá fazer…

 Compre os ingressos, agenda Fastpass, reserve restaurantes e serviços/ eventos especiais.

Eu compro os ingressos pelo App da Disney mesmo. Baixe no celular o Disney Experience, faça seu cadastro e bem-vinda ao mundo Disney! É ali que você resolve toda a sua vida nos parques: tem horários de cada parque, tempo de espera de cada brinquedo, informações como altura mínima de cada brinquedo.

Pelo app Disney Experience eu compro os ingressos e faço reservas em restaurantes, tanto dos parques como do Disney Springs. Acho mais fácil comprar pelo app mesmo – já ficam todas as minhas informações da viagem armazenadas ali e automaticamente na pulseira MagicBand que tenho

Alguns guias brasileiros vendem ingressos com pagamento parcelado (já que nos EUA nada é vendido parcelado). Se preferir parcelar, procure as empresas/ agências/ guias que vendem ingressos autorizados.

Com o calendário definido e os ingressos comprados, agende FastPass pelo app  Disney Experience (ou pelo site). Lembrando que quem se hospeda nos hotéis Disney tconsegue agendar FastPass com 60 dias de antecedência e fora dos hotéis Disney, com 30 dias de antecedência. No exato dia que abrir para você agendar FastPass, faça logo, porque são bem concorridos! As atrações mais disputadas como Avatar só consegue FastPass quem agenda com 60 dias de antecedência.

 Mapeamento dos parques

Essa é só para quem quer ser nível top de planejamento, rs! Mas é sério: os parques são muito grandes, muito cheios e tem várias coisas acontecendo, como as paradas, shows. Se você quer realmente aproveitar os parques, é bom conhecer o mapa de cada um antes e planejar de acordo com os interesses da família. As guias vips chamam isso de “parqueamento”: saber em qual direção você vai no parque, a ordem das atrações e agendamento de fastpass de acordo, para não ter que ficar atravessando o parque o tempo todo por causa do fastpass.

Por exemplo, considerando o Magic Kingdom: o ideal é programar sua visita no sentido anti-horário do parque. Isso porque naturalmente a maioria das pessoas faz o fluxo no sentido horário. O sentido anti-horário é Tomorrowland > Fantasyland > Liberty Square > Frontierland > Adventureland. Mas se você é mãe de crianças pequenas, talvez queira ir logo para o Fantasyland, onde as crianças aproveitam mais. Se você é mãe de um menino e uma menina e vai fazer o Bibbidi Bobbidi Boutique com a menina, é interessante progamar atrações interessantes para o menino antes e depois, para equilibrar o passeio, e assim por diante.

 Veja ode fica o baby center e first aid em cada parque

No mapa de cada parque tem indicando. Tem baby center e first aid (primeiros socorros) em todos os parques. Todos os banheiros têm trocador, mas no baby center você encontra um ambiente com tudo o que precisa: microondas, pia, água para mamadeira, cadeirão, sala de amamentação e vendem itens de higiene e comidinhas de bebê, caso você precise. No verão, com o calor absurdo, parar um pouco no ar-condicionado do baby center é também uma boa estratégia para relaxar as crianças (e os adultos!).

 Refeições com os personagens

Ter uma refeição em família e a presença atenciosa de personagens é sem dúvidas um momento especial que fica guardado no coração! O Chef Mickey é o mais conhecido dos brasileiros, mas existem muitas outras experiências de refeições com personagens – tanto dentro dos parques como fora, em hotéis, que podem ser aproveitados nos dias de descanso e criar uma experiência diferente.

Tem os Wonderland Tea Party no Disney’s Grand Floridian Resort, no qual crianças de 4 a 12 anos decoram cupcakes com os personagens de Alice no país das maravilhas; Tem Storybook Dining com a Branca de Neve no Disney’s Wilderness Lodge, um restaurante rústico como se estivesse na floresta, lindo! Tem o café da manhã com o pateta e seus amigos no Four Seasons Resort Orlando, opção mais sofisticada. Tem o chá com princesas no Disney’s Grand Floridian Resort para meninas de 3 a 9 anos. Tem o jantar com os personagens Marvel no Island of Adventure, que foi a refeição com personagens que escolhi para meus meninos e eles amaram.

 Fotógrafa no parque

Eu sei que existe o PhotoPass e Memory Maker, serviço de foto profissional da Disney, mas eu prefiro contratar a Daniela Leme Fotografia! A diferença é a seguinte: os fotógrafos da Disney fazem aquelas fotos posadas e com flash. A Daniela Leme faz fotos espontâneas da sua família passeando pelo parque, além das posadas que você quiser. Sempre com luz natural. Ela tem o passe anual da Disney, então você não precisa se preocupar em comprar ingresso do parque para a fotógrafa – e também não precisa se preocupar que ela não ficará o dia inteiro seguindo vocês, são poucas horas! Mesmo os maridos que não gostam da ideia de tirar foto, vão gostar porque é bem natural, ela tira muitas fotos espontâneas da família passeando pelo parque, a família junta brincando no carrossel etc, fotos que você nunca teria! Vale reservar um orçamento para o serviço porque será a lembrança mais linda da viagem. WhatsApp (11) 999347918. E-mail: [email protected] Instagram: instagram.com/danielalemefotografia

 Aluguel do Carro

O padrão é chegar no Aeroporto de Orlando, cansada do voo com bebê e criança, passar pela alfândega, ter que atravessar o aeroporto todo até a área de check-in dos automóveis, pegar a fila, pagar as várias taxas extras que tentam te empurrar, ir até o estacionamento escolher o próprio carro, instalar a cadeirinha do bebê… é um perrengue logo na chegada! Eu aluguei o carro com a Miami4You, empresa brasileira de aluguel de carros, e foi o serviço que mais nos surpreendeu! O carro é entregue no portão de desembarque, ou seja, você não tem que andar o aeroporto inteiro e nem pegar fila nenhuma. O motorista chega com o carro no portão que você estiver, você coloca as malas no carro e pode partir! Além disso tem vários serviços extras: a cadeirinha do bebê e até carrinho de bebê é cortesia, eles recebem compras online feitas por você e entregam juntamente com o carro na sua chegada, todos os carros tem o tag para passar no pedágio sem precisar parar, o atendimento é em português e ele te explica todo o carro no momento da entrega. [email protected]

 Comidinha de bebê e criança em Orlando

Quem é mãe de bebê na introdução alimentar ou crianças com restrição vão adorar saber que tem comidinha brasileira para bebês e crianças em Orlando, opções com ou sem sal e até cardápio para APLV. A empresa é a Little Chef Orlando, sediada e regularizada conforme a legislação da Flórida, cumprindo todas obrigações para segurança alimentar. Ela tem um menu com muitas opções e você faz o pedido pelo App Little Chef Orlando ou pelo site. Sim, eu achei tudo delicioso. Nós levamos comida para o parque tanto para Oliver, com 1 ano da época, como para Nicolas, com 3 anos e meio. Até o pai comia junto! Aquecia a comida no microondas do Baby Center de cada parque. Foi bem prático porque na hora do almoço deles, já tínhamos a comida pronta, era só aquecer e oferecer – não dependíamos de restaurantes lotados nem de fast food. A empresa entrega em qualquer hotel ou residência que você estiver ou você também pode retirar na loja deles.

 Carrinho de Bebê

É essencial numa viagem destas, porque parques são bem cansativos, as crianças dormem no meio do passeio. Você pode levar o seu ou alugar lá. A Disney oferece aluguel de carrinho individual ou duplo, porém é caro: USD15,00 por dia o carrinho individual e USD31,00 o carrinho duplo. Eu queria um carrinho que gêmeos para usar com Nicolas e Oliver juntos. No meu caso, o carrinho foi um serviço cortesia da empresa de aluguel de carro citada acima. Mas existem diversas empresas em Orlando que alugam carrinho, como Orlando Stroller Rentals ou Kingdom Strollers.

 Chip de Internet

Apesar dos parques e hotéis terem wi-fi gratuito, e funcionar bem, eu prefiro sair do avião já com chip de internet instalado. É bem fácil: compro o chip de internet no site da Shopp USA, recebo em casa, levo na bolsa e assim que pousar, já troco o chip do meu celular. Assim já saio do avião conectada com 4G. Isso permite que eu use o celular para usar o Waze no deslocamento e a qualquer momento que eu precisar. Como precisava encontrar a pessoa que iria me entregar o carro no desembarque, já foi útil desde o aeroporto.

 Seguro Viagem

Sempre viajo com seguro viagem feito pela Engenhotur. Só falar com eles, a Engenhotur resolve tudo. Tel: (11) 4314-7073 / (11) 4314-7070 Cel: (11) 98197-8888 [email protected]

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE

3 Livros para Bebês

O mais importante não é o livro em si e sim a leitura, o estímulo à leitura para o bebê desde cedo. Quando lemos para um bebê estamos trabalhando a percepção visual, o estímulo auditivo, a capacidade de concentração, o tato e a afetividade, porque só o fato de você estar ali lendo para um bebê, está criando um vínculo afetivo. Isso desde zero meses. Aliás, para um bebezinho pequeno, é das melhores atividades relaxante que a mãe pode fazer.

Separei abaixo alguns dos livros que usei com Oliver e ele adorava:

  Veja Como Te Amo: é o primeiro livro que comprei para o Oliver. A história é aconchegante de relação mãe e filho, uma delícia de contar para ele. E para o bebê é interessante as cores em alto contrate, as texturas que tem no livro (o urso é uma camurça), as ilustrações que se repetem trazendo conforto, o ritmo recorrente.

 Cuidado com o Monstro!: sucesso por causa das texturas! Em cada página uma textura diferente para passar a mão. Oliver ficava muito tempo entretido com as texturas, uma verdadeira exploração sensorial.

 Mogli e o Menino Logo: Eu gosto por ser um conto de fada e cada página tem uma textura diferente para o bebê deslizar os dedinhos e se envolver com a história. É muito fofo!

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE