10 dicas do LegoLand Florida | Roteiro com crianças

Imagine você entrar num parque e encontrar todos os seus amigos: o fazendeiro, o policial, o bombeiro… Todos estavam lá! Nós amamos brincar de Lego em casa e entrar no parque foi como entrar no mundo da imaginação do brinquedo que temos em casa. Foi demais! Se você tem crianças pequenas, simplesmente vá! Eu não tinha certeza se iria gostar deste parque e posso afirmar: foi disparado um dos dias mais agradáveis que tivemos na nossa viagem. O motivo: é um parque muito tranquilo de público comparado com os parques da Disney e Universal. Não pegamos fila nenhuma, para nada. Agradável de andar sem multidão. Para crianças pequenas isso faz muita diferença, o parque é muito menos estressante, e elas se sentem muito mais à vontade. Sim, na minha opinião esse parque foi disparado o que meus filhos mais se divertiram – Nicolas com 3a8m e Oliver com 1 ano na data da viagem – Novembro/ 2018.

Você precisa saber antes de ir:

 O ingresso é mais barato comprado online (cerca de 15 dólares mais barato, comprado com antecedência de pelo menos 7 dias.) Por isso, programa-se.

 Nós não fomos no parque aquático LegoLand Water Park que tem dentro do parque porque estava fechado no dia que fomos – o parque aquático fecha entre os meses de novembro e fevereiro. Veja o calendário completo do Water Park 2019 clicando aqui. De qualquer forma, como gostamos de aproveitar todas as atrações no parque, não teria dado tempo de fazer o parque aquático no mesmo dia.

 Este é um parque que fecha cedo, em geral entre 17 e 19h (consulte o calendário anual clicando aqui, há variações dependendo da estação e dia da semana). Portanto, não se atrase para chegar.

 O parque fica cerca de 45 minutos de Orlando. Para quem não quiser ir de carro, existe um ônibus do parque, com custo de USD5,00 por pessoa, que parte às 9h da manhã da International Drive e retorna após o horário de fechamento do parque. Informações aqui.

 O parque tem um Baby Care com trocadores, cadeirão, microondas e sala de amamentação. Aliás, há também alguns “Quiet Rooms” para crianças com necessidades especiais como autismo descansarem.

 Bebês não podem ficar descalços por questões de segurança (como por exemplo descarga elétrica). Não esqueça o tênis do bebê!

 Na fila de algumas atrações tem uma área com Lego para as crianças brincarem enquanto aguardam na fila. Sensacional. Na verdade, como estava bem vazio e sem filas quando fomos, nem foi necessário. Mas achei ótimo para não ficarem entediados na fila nos dias de parque cheio (período de férias, por exemplo).

 Nosso almoço foi um pedaço de pizza bem simples, então não tenho nenhuma dica especial para compartilhar. Levamos opção de comida orgânica naquelas embalagens de saquinhos para Oliver e resolveu bem, além de frutas e mamadeira.

 Deixe para ir na loja principal The Big Shop na saída, porque mesmo depois do horário do fechamento do parque, ainda é possível ficar cerca de 1h a mais dentro da loja para as compras.

 O parque é o mais tranquilo de todos, sem gritarias, som alto ou excesso de estímulos. Os bonecos de Lego são na altura das crianças, bem convidativo para elas abraçarem e se sentirem no seu mundo.

Roteiro

Clique aqui para ver o mapa. (Disponível em inglês, espanhol e português na entrada do parque).

Nós entramos e logo depois do carrossel, viramos a direita no Duplo Valley. Ali tem brinquedos que crianças pequenas aproveitam muito, inclusive o Oliver de 1 ano. Duplo Farm (galpão com brinquedoteca e ar condicionado, perfeito para um descanso nos dias muito quentes), Duplo Tractor (trator pequeno que dá voltas num cenário de fazenda), Duplo Train (trem pequeno que dá voltas num cenário de fazenda), Duplo Splash and Play (brinquedos com esguicho de água – leve uma roupa extra). Era como se meus filhos estivessem dentro dos brinquedos de Lego que eles têm em casa, adoraram.

No Lego Kingdoms, Nicolas desistiu de ir na montanha-russa, mas adorou comprar a roupa medieval e espada e não queria sair do Royal Joust, uma corrida medieval de cavalheiros, brinquedo indicado acima de 4 anos e 91cm.

No Land of Adventure, o Safari Trek, com animais de Safari feitos de Lego, foi um sucesso! Acabou não dando tempo de aproveitar outros brinquedos.

Seguimos para Lego Ninjago World, mas como Nicolas não conhecia o personagem, também não dedicamos muito tempo ali.

Lego City é uma das partes mais legais. O Boating School onde andam de barco (maior fila que pegamos, de 15 minutos), o Ford Jr Driving School para dirigir carrinhos, o brinquedo dos bombeiros para brincar junto com os pais. Aproveitamos bastante ali!

Neste momento o parque já estava quase para fechar, por isso não tivemos muito tempo para aproveitar o Imagination Zone, o Lego Technic e nem passamos por Heartlake City.

Passamos pelo MiniLand USA e adoramos. Deu tempo de explorar e mostrar todos os detalhes para os meninos, inclusive a decolagem do foguete.

Fomos num total de 14 atrações, sendo que a maioria delas repetindo 2 ou até 3 vezes. Passeamos tranquilamente, sem pressa. Não pegamos fila, exceto para o brinquedo do barco que estava com 15 minutos. Almoçamos. Tomamos sorvete de lanche. Bastante coisa, tudo com calma – um dia agradável que nunca irei esquecer. Ainda tenho na minha cabeça a imagem dos portões do parque se fechando e Nicolas ali paralisado triste por ir embora, de tanto que amou.


Site do LegoLand Florida em Português: www.legoland.com/pt/legoland-florida-resort/

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE