Disney com criança de 2 anos | Hollywood Studios

O Hollywood Studios é o terceiro dos quatro parques da Disney e existe desde 1989. É o menor parque e por isso resolvemos começar nosso passeio pela Disney por ele, para de certa forma acostumar o Nicolas com os parques começando pelo menos cansativo.

Os comentários abaixo são baseados na nossa vivência com um criança menino de 2 anos e 2 meses na época da viagem:

 Um das características deste parque é ter vários shows estilo teatrinho. Se seu filho (a) gosta de teatrinhos, vai aproveitar muito o parque. Nicolas não gosta, a gente achou que pudesse gostar lá, mas ele fica assustado quando apagam as luzes, entra uma música alta, um personagem grande, e nunca conseguimos ficar no show mais do que 2 minutos. Pelo menos tentamos! Eu havia marcado FastPass para alguns dos teatros, mas a verdade é que não precisa gastar FastPass com isso já que todos acomodam bastante pessoas, você consegue entrar sem ficar muito tempo na fila.

Disney Junior – Live on Stage: 24 minutos de duração. É o mais infantil, com música e dança do Mickey e seus amigos. Todos ficam sentados no chão.

A Bela e a Fera – Live on Stage: 30 minutos de duração. O local é um grande teatro aberto (coberto, mas não é fechado).

Frozen Sing-Alone Celebration: 30 minutos de duração. A gente estava amando ficar dentro do teatro pelo ar condicionado, mas tivemos que sair porque Nicolas estava assustado.

Voyage of the Little Mermeid: 15 minutos de duração. Nem fomos nesse, desistimos depois de entender que Nicolas realmente não estava afim de teatrinhos.

 O brinquedo mais concorrido do parque é o Toy Story Mania, um brinquedo de atirar em 4D com os personagens do filme Toy Story. Tem sempre mais de uma hora de fila, portanto super importante marcar FastPass para este brinquedo.

 Para quem gosta de Star Wars, o parque está cheio de atrações. Enquanto Nicolas dormia, meu marido foi no Star Tours – The Adventures Continue. Tem também uma área chamada Star Wars Launch Bay com exposição de roupas, filmes, personagens, lojinha, tudo relacionado ao Star Wars. Para crianças maiores, de 4 a 12 anos, tem o treinamento de Jedi.

 O restaurante mais concorrido é o Sci-Fi Dine-In Theater, um cinema drive-in como na década de 50. As mesas são como carros. Eu queria muito ter ido porque Nicolas adora carro, mas as reservas se esgotam com mais de 2 meses de antecedência e nem tentando chegar lá para o almoço às 11h da manhã, não consegui, nem lista de espera estavam fazendo. Como optamos então em não gastar dinheiro com refeições na Disney, porque na minha opinião, mesmo os restaurantes onde tem comida são sempre gordurosos e muito caros, almoçamos salada e pizza no PizzeRizzo.

 Não estou mencionando a Montanha Russa do Aerosmith e a Torre do Terror porque já fomos para Disney em outras oportunidades e já havíamos ido nestes brinquedos. Como o foco agora era ficar com Nicolas, não fomos nele novamente, mas lógico que para quem vai pela primeira vez, vale a pena – agende FastPass. O mesmo para o show noturno Fantasmic, eu já tive oportunidade de ver em outras duas vezes e foi um dos mais lindos, amei! Desta vez fomos embora do parque cedo e não assistimos com Nicolas.

O dia estava muito quente, a gente derretia dentro do parque. Como Nicolas não teve interesse em assistir os teatrinhos, foi o parque que menos aproveitamos, indo embora logo no fim da tarde. Não significa que você irá aproveitar pouco, cada criança é diferente, mas para nós realmente não valeu a pena. Nicolas não teve medo de tirar foto com os personagens e isso já me deixou feliz! Mas ele gosta é de brinquedos de exploração, de escorregador, de subir, descer, correr, e lá neste parque não tem nada neste sentido para crianças pequenas. Claro que estando juntos, a gente se diverte em todos os lugares! As fotos da Daniela Leme (fotógrafa brasileira que mora em Orlando e vale muito a pena contratar) mostram nosso primeiro dia de Disney!


Nossa viagem aconteceu em Junho de 2017. Nicolas com 2 anos e 2 meses.

CONVERSE COM A GENTE