Feng Shui em Quartos Infantis

Izabella Penna Escabeche é arquiteta, mãe da Stella e colaboradora do blog com suas dicas sobre quarto do bebê e criança.

Olá, leitoras queridas! Recentemente, fiz um curso de Feng Shui com uma arquiteta especialista no assunto. Hoje, quero dividir com vocês algumas dicas para aplicar essa técnica no quarto das crianças.

Muitas de vocês podem estar pensando: “Feng o que?”, rs. Feng Shui significa “Vento e Água”. É uma técnica milenar chinesa de alinhamento das energias da casa. Tudo é feito a partir da organização dos espaços, objetos e elementos para, assim, equilibrar as energias e proporcionar o bem-estar.

O Feng Shui analisa o fluxo energético do Ch’i (energia positiva) e neutraliza a energia Sha (energia negativa). Cores, objetos de decoração, posicionamento dos móveis, plantas e outros aspectos influenciam diretamente nas energias do ambiente. Por isso, todos esses detalhes são levados em conta para a técnica.

A ferramenta utilizada para a análise de uma casa é o Ba-guá, uma espécie de mapa octogonal. Cada canto dele é conhecido como guá, que simboliza uma área da vida: trabalho, espiritualidade, família, prosperidade, sucesso, relacionamento, criatividade, amigos e saúde (centro).

O ideal é escolher três áreas que precisam ser trabalhadas. Em seguida, fazer uma análise a partir da planta arquitetônica (alinhar o Baguá com a porta de entrada) para neutralizar as energias negativas. Isso irá aumentar o fluxo de energia positiva e gerar mais prosperidade e equilíbrio.

Fonte da Imagem: Casa Abril

É possível aplicar alguns conceitos gerais do Feng Shui nos quartos infantis. Dessa forma, você garante uma atmosfera acolhedora, que auxilia no descanso da criança. Vejam abaixo algumas formas!

 Optar por camas de madeira com cabeceiras (sensação de segurança) e pés (permite que o ar circule debaixo da cama e elimina qualquer energia estagnada nesta região);

 Evite guardar objetos embaixo da cama. Mas, se for algo inevitável, dê preferência para toalhas e roupas de cama. Não guarde sapatos, eletrônicos e livros sob a cama;

 Evite pontos elétricos na parede da cabeceira da cama, pois irá causar irritabilidade e agitação na criança;

 A cama / berço não deve estar encostado em uma parede que faz divisa com o banheiro, ou seja, por onde passa tubulação de água e esgoto. O banheiro é o ladrão de energia Ch’i da casa e, portanto, sua porta deve estar sempre fechada;

 Espelhos não devem ser instalados de frente para a cama, pois atraem más energias;

 Os pés da criança não devem ficar de frente para a porta do banheiro, pois acelera a perda de energia (a energia sai pelos pés ao dormimos);

 Não instale prateleiras acima da cama/berço. Porque pode causar uma opressão de energia na criança, causando insônia ou algum tipo de incômodo;

 Evite cores muito estimulantes (laranja e vermelho) no quarto e dê preferência ao lilás (traz sossego, tranquilidade e calma), azul (tranquiliza e acalma) e amarelo (estimula o intelecto e criatividade);

 A lateral do armário não deve estar de frente para a porta do quarto, pois barra a entrada de Ch’i no ambiente;

Destralhe! Evite guardar objetos que não são utilizados. Assim, as energias não ficam estagnadas. Isso é válido para toda a casa, ok?

Feng Shui em quartos infantis

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE