Benefícios da atividade física na gestação

Por Dra. Camila Takase

A prática de atividade física deve ser sempre incentivada pois traz inúmeros benefícios tanto para corpo quanto para a mente. Sair da situação de sedentarismo para um nível de atividade física moderada já reduz em 60% seu risco cardiovascular.

Na gravidez a mulher deve ser incentivada a se exercitar. A prática de esporte durante a gestação ajuda no controle do peso, melhora a postura e as condições cardiocirculatórias, previne a diabetes gestacional, fortalece a musculatura e alivia o estresse e tensões do dia a dia. Além disso, libera mais endorfina, provocando uma agradável sensação de bem-estar para a futura mamãe.

Todas as gestantes devem praticar alguma atividade física, exceto nos casos em que a paciente apresente alguma patologia cardíaca, ameaça de aborto, incompetência istmo-cervical, placenta de inserção baixa, hipertensão descompensada, rotura prematura bolsa, entre outros.

Algumas mudanças que acontecem no corpo da gestante devem ser levadas em consideração ao pensar em qual atividade física fazer: as articulações tornam-se mais “frouxas” (maior chance de torções), o centro de gravidade do corpo muda com o avançar da gravidez (maior risco de quedas) e o coração passa a ter trabalho extra devido ao aumento do volume de sangue circulante (maior cansaço e falta de ar).

Por isso, alguns tipos de atividade física de baixo impacto como yoga, pilates, hidroginástica e caminhadas são as mais indicadas no período gestacional.

Os esportes de contato como futebol e basquete, patins, skate são contraindicados para as grávidas por conta do risco de choques e quedas.

Recomendações importantes antes de iniciar qualquer atividade física:

– Faça aquecimento e alongamento antes

– Use roupas leves

– Use calçados confortáveis

– Alimente-se adequadamente

– Beba bastante líquido tanto antes como depois dos exercícios

– Respeite seus limites. Não vá além do que seu corpo suporta!

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE