Curso de Gestante

Eu que sou uma pessoa tão organizada, simplesmente fiquei postergando agendar o curso de gestante, achando que era uma coisa com bastante frequência de aulas e que eu poderia me inscrever a qualquer momento. Quando liguei, ainda faltando 2 meses para ter o bebê, todas as turmas já estavam cheias e eu fiquei na lista de espera! Semana passada me ligaram dizendo que abriu uma vaga e lá fui eu e meu marido, com quase 39 semanas de gestação, fazer o curso de gestantes.

A verdade é que me informei tanto a partir das 30 semanas, recebo tanta informação por causa do blog, tive assessoria do meu plano de saúde com uma consultora particular em casa (comentei no instagram @vestidademae), então o curso de gestante não era algo tão imprencidível para mim que já havia buscado bastante informações. Mas eu fui mesmo assim, pela experiência.

Fiz o curso do Hospital Einstein, e recomendo sim, adorei a experiência. O curso tem duração de um domingo inteiro (das 08h às 17h). No período da manhã, uma enfermeira obstetra (super querida!) falou sobre parto e amamentação. Em seguida um médico neonatal falou sobre os cuidados com o bebê logo após o nascimento. O almoço já estava incluso. No período da tarde tivemos aula sobre os cuidados com o bebê em casa, a aula prática sobre dar banho e trocar a fralda e uma aula de relaxamento.

Minhas dicas são:

– Se a sua maternidade oferecer este tipo de curso, faça o curso oferecido pela sua maternidade. É uma boa oportunidade para você tirar as dúvidas sobre parto e especialmente os primeiros cuidados com o bebê que são procedimento do seu hospital/ maternidade.

– Procure fazer o curso entre 30-35 semanas. Perto de 30 semanas acho o ideal. Você consegue aproveitar melhor as informações, tirar dúvidas. Digo isso porque com 39 semanas eu já sabia de muitas coisas do que foi dito e com 30 semanas eu me sentia completamente perdida.

– Apesar de muitas informações não serem mais novas para mim, eram para meu marido! E isso foi o que mais gostei, a oportunidade que ele teve de se envolver mais com o tema, aprender a dar banho, trocar fralda, saber mais sobre o parto. Foi muito especial esse dia juntos aprendendo os cuidados para aplicarmos com nosso filho querido.

Sei que uma coisa é aprender na teoria, outra na prática. Costumam dizer que dar banho num boneco que não mexe é uma coisa, banho num bebê chorando é outra, eu imagino! Mas mesmo assim, considero que vale muito a pena participar de um curso de gestante pelo valor psicológico. Quando mais informada você estiver, mais segura irá se sentir, mas tranquila, e isso ajuda na hora que for o bebê de verdade chorando.

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE