Férias escolares | Dicas de programação infantil em SP, RJ, BH e Curitiba

Férias escolares, época de aproveitar o tempo para programas diferentes. Para quem ficou nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba, preparamos um roteiro com dicas de programação infantil imperdíveis. Eu sempre falo, só não faz programa interessante quem não quer, porque sempre tem muitas opções para todos os bolsos!

SÃO PAULO

Exposição “O Mundo Segundo Mafalda”
Em cartaz até 28 de fevereiro na Praça das Artes, a mostra celebra os 50 anos da personagem Mafalda, criada pelo cartunista argentino Joaquín Salvador Lavado Tejón, conhecido como Quino. O universo da Mafalda – uma criança crítica, cujos questionamentos, sonhos e dúvidas divertem aos leitores – é abordado de maneira criativa para atrair a atenção do público infantil. As crianças podem conferir dezenas de tirinhas espalhadas pela mostra, uma reprodução do carro que Mafalda passeava com a família, diversos globos da terra que representam as diferentes visões de mundo da personagem e ainda podem desenhar, escrever e pintar com os educadores.
Praça das Artes: Av. São João, 281, centro, ao lado da estação São Bento do Metrô. Até 28/02, das 9 às 20h (nos dias 24, 25 e 31/12 e de 1 a 6/01 a exposição estará fechada). Grátis.

Exposição Castelo Rá-Tim-Bum
Um dos maiores sucessos de bilheteria do Museu da Imagem e do Som em 2014, a exposição que homenageia o programa infantil da TV Cultura foi novamente prorrogada, agora até o dia 25 de janeiro de 2015. A mostra ocupa dois andares do Museu e é dividida em duas partes. Em uma delas o visitante pode conferir peças do acervo, como figurinos, objetos de cenas, bonecos, fotografias e depoimentos gravados pelos atores do elenco original. E, na outra, o público pode literalmente entrar em uma reprodução do Castelo com mais de dez ambientes. Ingressos na bilheteria do museu: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada).
Museu da Imagem e do Som: Av. Europa, 158, Jardim Europa. De ter. à sex.: das 8 às 21h. Sábado: somente venda online. Dom. e feriados.: das 8 às 20h.

Ocupação Giramundo
Em sua 21ª edição, o programa Ocupação Itaú Cultural mergulha num universo lúdico e realiza uma viagem pela trajetória do grupo Giramundo – coletivo mineiro em atividade há mais de 40 anos, que é referência no campo do teatro de bonecos. Durante a mostra, às quintas e sextas-feiras, um artista instala sua oficina no espaço expositivo e o público pode assistir à concepção e ao nascimento de uma marionete. Aos sábs. e doms., das 11h às 15h, trechos de espetáculos do grupo são apresentados em um palco montado dentro do espaço expositivo. Às quintas e sextas, das 15h às 20h, um artista instala sua oficina portátil no local – e o público pode assistir de perto à construção de uma marionete (o artista tira folga nos dias 25 e 26 de dezembro e 1º e 2 de janeiro).
Itaú Cultural: Av. Paulista, 149 (próximo à estação Brigadeiro do metrô). Até o dia 11 de janeiro, de ter. a sex.: das 9 às 20h e aos sábs., doms e feriados.: das 11 às 20h.

Dudinha e a Galinha Pintadinha
Do dia 10 de janeiro até 1 de fevereiro, fica em cartaz no Teatro Bibi Ferreira a nova temporada do musical, que já foi visto por mais de 350 mil pessoas. Nesta edição, a turma da Dudinha e da Mariana aumenta, com a participação de outros amados das crianças: Galinha Pintadinha, Galo Carijó, Pintinho Amarelinho, o Sapo, Dona Baratinha, Boi da Cara Preta, o Carneirinho, o Tatu Bola, a Dona Aranha, entre outros personagens do folclore brasileiro. O show tem novas músicas, brincadeiras de roda, além de efeitos especiais.
Teatro Bibi Ferreira: Avenida Brigadeiro Luis Antônio, 931 (Bela Vista). De 10 de janeiro até 1 de fevereiro de 2015, aos sábs. e doms. Às 15h.

 

RIO DE JANEIRO

As Aventuras de Pinóquio
A peça narra a história e as aventuras do boneco de madeira que ganha vida e sonha em ser um menino de verdade – conto que está enraizado no imaginário popular desde a sua criação no final do século XIX na Itália e é no Brasil uma das lendas mais contadas para as crianças. Nessa montagem, músicas originais italianas contam a história do artesão solitário, Geppetto, que almejava ser pai e tem o seu sonho realizado de uma forma inusitada: quando vê o boneco de madeira que construiu ganhar vida e virar seu filho. Duração: 50 minutos. Classificação: livre.
Teatro dos Quatro (Shopping da Gávea): rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea. Do dia 10 de janeiro até 29 de março, todos os sábs. e doms. às 17h. Ingressos: R$ 60,00 (inteira), R$ 30,00 (meia).

Em Busca do Riso Perdido
A peça encenada pelo grupo Claurinas – as Palhaças Bailarinas conta a história de três primas/palhaças que moram juntas e recebem a carta de uma tia anunciando sua visita. Para grande surpresa, a tia é séria, taciturna e não vê mais graça em nada. As três decidem, então, sair pela cidade à procura do riso que, segundo elas, a tia perdeu em algum lugar no caminho. Um espetáculo criativo de teatro-dança. Classificação: livre. Ingressos: R$ 15 (inteira).
Instituto Oi Futuro Flamengo: Rua Dois de Dezembro, 63. Do dia 10 de janeiro até o dia 8 de fevereiro, aos sábs. e doms. às 16 h.

Zoológico
Atravessar o Parque da Quinta da Boa Vista, antiga residência da família imperial portuguesa, e entrar por seu portão de arcos e colunas é como transportar-se para uma outra época do país, quando haviam princesas, escravos e mesmo imperadores. Ali, funciona o Zôo carioca, que oferece uma mistura única de história e fauna exuberantes. A missão de expor animais e tentar trazer para dentro da cidade um pouco da vida selvagem teve início no Rio de Janeiro de 1888, quando o Barão de Drumond fundou no Bairro de Vila Isabel o primeiro zoológico brasileiro. Em 18 de março de 1945, a cidade do Rio de Janeiro ganhou uma nova sede para o zoológico, inaugurado no Parque da Quinta da Boa Vista, no histórico bairro de São Cristóvão. Ingressos: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia).
Zoológico:
Parque da Quinta da Boa Vista s/nº, São Cristóvão. De ter. a dom.: das 9 às 16h30. Durante o período de férias escolares, o zoo funciona também às 2as feiras, no mesmo horário mencionado.

Fundação Planetário
A Fundação Planetário conta com diversas atividades, como sessões de cúpula, experimentos interativos, observações ao telescópio, cursos, palestras e exposições. São duas cúpulas em funcionamento: a Carl Sagan, com 23 ms de diâmetro, 263 assentos e capaz de projetar cerca de nove mil estrelas, e a Galileu Galilei, com 12,5 m de diâmetro, 90 assentos e capacidade para projetar mais de seis mil estrelas. As sessões das duas cúpulas acontecem de terça a sexta com agendamento prévio e, durante os finais de semanas e feriados, quando não é necessário agendar. Às quartas são abertas as observações do céu na Praça dos Telescópios. A instituição tem ainda atrativos como o Museu do Universo e a biblioteca com acervo especializado.
Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro: rua Vice Governador Rubens Berardo, 100, Gávea. Tel.: (021) 2274-0046.

 

BELO HORIZONTE

Espaço do Conhecimento UFMG
Além de uma midiateca e um planetário de última geração (que funciona de ter. a dom.), o museu apresenta também exposições fixas e temporárias. Atualmente, está em cartaz a mostra Demasiado Humano, que aborda temas como o surgimento da espécie humana e o povoamento da Terra através de instalações feitas a partir de recursos audiovisuais e interativos, que convidam o público a participar de experiência visual, tátil e sensorial. Além desta, acontece também a exposição ¡Mira! Artes Visuais Contemporâneas dos Povos Indígenas, que apresenta um compilado dos trabalhos artísticos de comunidades indígenas de cinco países da América Latina: Brasil, Bolívia, Colômbia, Equador e Peru).
Espaço UFMG do Conhecimento: Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários, 3409-8350. Ter. a dom.: das 10h às 17h (exceto quarta e quinta: das 10h às 21h). A exposição ¡Mira! Artes Visuais Contemporâneas dos Povos Indígenas vai até o dia 4 de janeiro de 2015.

Parque Ecológico Vale Verde
Programe-se para passar uma manhã ou uma tarde inteira no parque, pois sua programação é diversa e atende diferentes faixas etárias. É possível visitar o viveiro de pássaros silvestres, exercitar-se no pedalinhos, montar pôneis, conhecer a casinha de gnomos e brincar no playground. O local é equipado também com restaurante e oferece oficinas e programação especial para as crianças durante os finais de semana. Entrada: . R$ 20 (com direito de participar de todas as atividades, incluindo as oficinas). Crianças menores de 5 anos não pagam.

Parque Ecológico Vale Verde.: Rua Ary Barbosa da Silva, 950, Vianópolis, Betim. Ter. a dom. e feriados (fecha nos dias 24 e 31), das 9h às 17h30.

Parque de Diversões Guanabara
Com mais de 50 anos de história, o mais antigo e tradicional parque de diversões da capital mineira segue como uma ótima opção para a família, especialmente em finais de semana ensolarados. Além de reunir mais de 20 tipos de brinquedos diferentes – com destaque para a roda-gigante, os carrinhos bate-bate e Castelo do Terror – é equipado com restaurante, pizzaria, lanchonete e tem estacionamento gratuito. Cada atração é paga separadamente, e os preços variam de R$ 3,5 até R$ 10.
Parque Guanabara: Av. Otacílio Negrão de Lima, 3333, São Luiz, Belo Horizonte. Ter. a sex.: das 13h às 22h; sáb.: das 11h30 às 22h; dom.: das 10h30 às 21h. Fecha nos dias 24 e 31 e, nos dias 25 e 1º de janeiro, abre às 15h.

 

CURITIBA

Bosque do Alemão
É provavelmente o mais recomendado parque da cidade para levar as crianças. Ali, os pequenos podem se aventurar na trilha pelo bosque que narra a fábula dos irmãos João e Maria, visitar a Casa da Bruxa e deixar a imaginação fluir no espaço destinado à contação de histórias. A Hora do Conto na biblioteca acontece sempre nos mesmos horários: aos sábs e doms às 11h, 14h e 16 horas. Grátis!
Bosque do Alemão: Rua Nicolo Paganini com a rua Schubest, Vista Alegre. Todos os dias das 8 às 18 hs.

Parque Barigüi
Batizado de praia dos curitibanos, o parque costuma lotar durante os finais de semana ensolarados, graças ao lago com pedalinho, o parque de diversões, a ciclovia e as churrasqueiras ao ar livre de uso gratuito. Não é difícil encontrar pelos 1.400.000 m2 de área capivaras, preás, garças e até saguis, que fazem parte da fauna do local. Outros destaques do local são o Museu do Automóvel, a ciclovia, as pistas de cooper, as trilhas e a pista de bicicross.
Parque do Birigüi: entre a Av. Manoel Ribas e a BR-277. Acesso pela BR-277 e Av. Cândido Hartmann. De seg. a dom.: ininterrupto.

Teatro de Bonecos Dr. Botica
Instalado no Shopping Estação desde 2001, o Teatro especialmente projetado para a arte bonequeira e de animações conta com uma infraestrutura de alto padrão. Tem capacidade para 100 espectadores, além de possuir um ambiente chamado de “Janela do Teatro”, onde acontecem apresentações mais curtas. A programação de espetáculos – voltada para públicos de diferentes faixas etárias – conta com peças durante a semana e aos finais de semana. As atividades do Teatro voltam a funcionar a partir do dia 15 de janeiro.
Teatro de Bonecos Dr. Botica: Av. 7 de Setembro, 2775, Rebouças (Shopping Estação)

Livraria Navegadores
A livraria é um espaço literário lançado com uma proposta diferente: atender exclusivamente à cultura infanto-juvenil. Seu objetivo é disseminar o hábito de leitura entre crianças e adolescentes. Ali, no espaço colorido e lúdico, as crianças ficam a vontade para folhear os volumes do acervo disponível, que passa por diferentes temas e idiomas. Além da literatura, a Navegadores oferece também uma programação cultural que conta com oficinas de produção de histórias infantis, teatros, ateliês de artes e contação de histórias.
Livraria Navegadores: Rua Coronel Dulcídio, 540. Loja B. De seg. à sáb.: das 9 às 19h. Crystal Petit – por Navegadores: Rua Comendador Araujo, 731 Piso L4, loja 437. De seg. a sáb.: das 10h às 22h e dom.: das 14 às 20h.

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE