Sustentabilidade em Casa | 5 pequenas mudanças

Não dá mais para continuarmos com vícios antigos dentro de casa, precisamos pensar em sustentabilidade em casa, em pequenas ações que minimizem o impacto negativo que deixamos no nosso ambiente. Na verdade, já deveríamos estar pensando em como melhorar o ambiente, em tudo o que estragamos, nossos filhos irão nos cobrar por isso. Esse texto não é nada profundo, ainda é o básico de sustentabilidade em casa, você já coloca em prática?

 Substituir o filme plástico na cozinha por pano de cera

O filme plástico PVC usado só uma vez, que logo vira lixo, pode ser substituído por tecido 100% algodão com cera de abelha, óleo vegetal e resina vegetal. É BPA free e não tóxico. Serve para embalar os alimentos e mantê-los fresco por mais tempo, sem intoxicá-los. É lavável, reutilizável, biodegradável e compostável. No caso dos panos da Mooui, são usados os tecidos de resto de produção, reaproveitando ainda mais o material e gerando menos lixo. Pensando em sustentabilidade em casa, eles são eficientes e muito mais lindos! Clique aqui para comprar.

Sustentabilidade em casa

 Substituir os saquinhos plásticos de supermercado e feira por saquinhos de voal para juntar e pesar os alimentos.

Pense bem, as pessoas pegam aquele saquinho plástico disponível em rolo no supermercado para agrupar os alimentos. Passam pela balança e caixa, chegam em casa e descartam o saquinho, ele não tem muita utilidade já que é bem fino, rasga facilmente. Por que usamos? A natureza por anos criou a casca dos alimentos para ser biodegradável e proteger o alimento, daí chega o homem e envolve num saquinho plástico. Eu simplesmente não uso, não faz falta. As frutas e legumes podem ficar soltas no carrinho de compras e logo após passar no caixa, vão para minha sacola de tecido. Chegam em casa e vão para fruteira, geladeira. Não faz falta nenhuma o saquinho plástico.

Mas caso você prefira usar um saquinho para agrupar os alimentos, tenha seus próprios saquinhos de tecido/ voal. Algo que você possa reutilizar por muitas vezes. A Comidinhas da Diana tem saquinhos em algodão cru, em um kit de diversos tamanhos, clique aqui para comprar. Na Mooui tem saquinhos estampados para usar em compras a granel, clique aqui para comprar.

Sustentabilidade em casa

 Descartar corretamente a esponja de cozinha ou substituí-la.

A vida útil da esponja de cozinha é bem curta (deveríamos trocar no mínimo 1x por semana), já que é um item que acumula muitas bactérias. Além disso, é feita de um material de difícil reciclagem. Muitas pessoas já tem trocado por bucha vegetal no lugar do modelo sintético, pois ela é mais difícil de ser contaminada e mais eficiente na limpeza, ou também pela esponja de silicone antibactericida. Sobre a reciclagem da esponja de cozinha ser difícil, ainda junta-se ao fato de elas estarem contaminadas, o que demanda um processo de descontaminação mais dispendioso. A empresa TerraCycle faz a coleta e reciclagem das esponjas e tem mais de 1.000 pontos de coleta, clique aqui para ver. Vamos fazer nossa parte de sustentabilidade em casa e destinar para reciclagem correta ou substituir!

Sustentabilidade em casa

 Substituir o cotonete com haste de plástico por cotonete com haste de papel

Esse item entra naquele “como pudemos usar por tantos anos?”. Assim como o canudo de plástico que já foi proibido em diversas cidades brasileiras, o próximo item tende a ser o cotonete – o que já acontece em alguns países da Europa. Tudo o que for de plástico, só usarmos por poucos segundos e não poder ser reaproveitado, não faz sentido usar. Lembrando que o plástico demora mais de 400 anos para decompor na natureza. Já existem várias opções de marcas com haste de papel nas farmácias. Talvez sejam um pouquinho mais caras, mas tendo a demanda, o preço tende a cair. Precisamos criar a demanda para este tipo de produto.

Sustentabilidade em casa

 Substituir o saco de lixo de plástico por saco de papel

Este é o item mais difícil, simplesmente por ser um hábito que aprendemos há muitos anos com as gerações passadas. As pessoas acreditavam que usar a sacola de plástico do mercado no lixo de casa é uma forma de reaproveitar o plástico, e por isso inteligente. Mas não é bem assim.

O plástico demora mais de 400 anos para decompor, e quando você fecha um lixo que seria biodegradável, como lixo de cozinha ou mesmo lixo de banheiro num plástico, está contaminando o plástico e misturando os lixos. A sacola plástica para lixo só vale se for usada para separar o lixo reciclável, já que a própria sacola é reciclável. Mesmo as sacolas “verdes” feitas com material de fonte renovável, elas não são biodegradáveis e também poluem o ambiente.

O ideal seria substituir o saco de lixo de plástico por saco de lixo de papel, como saco de pão. Isso vale também para quem vai passar com cachorro e precisa recolher o cocô do cachorro na rua, seria melhor usar saco de papel igual saco de pão, vendido facilmente em pacotes online.  No exterior já existem opções de saco de lixo de papel mais grosso e resistente, não entendo porque demora para termos estas opções por aqui (talvez porque falta demanda!).


Veja também o post sobre sustentabilidade em festa infantil.

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE