Pasta de dente com flúor ou sem flúor para bebês e crianças?

Pasta de dente com flúor ou sem flúor para bebês e crianças, já pensou sobre isso?

Levei meu filho Oliver ao dentista pela primeira vez com 1 ano e 3 meses, até muito atrasada porque o ideal é deste o primeiro dente, para orientação em relação aos cuidados e higiene. O motivo pelo qual eu levei o Oliver ao dentista foi para avaliar a arcada dentária. Eu estava preocupada com o desalinhamento dos dentes por ele usar chupeta – acho importante quem usa chupeta ter uma acompanhamento para não prejudicar a arcada dentária. Aproveitei e conversei sobre a questão da pasta de dente com flúor ou sem flúor.

O órgão brasileiro de odontopediatria juntamente com a Sociedade Brasileira de Pedriatria indica pasta de dente com flúor desde 2009 e Academia Americana de Pediatria desde 2015 também recomenda que desde o primeiro dente do bebê seja usado creme dental com flúor. Isso vale desde o primeiro dente!

Vale dizer que essa é a recomendação para a população como um todo – levando em consideração que nem toda a população segue a recomendação de não oferecer doces/açúcares para menores de 2 anos, as pessoas tem hábitos alimentares diferentes.  Porém numa consulta individualizada no consultório do dentista, ele pode fazer a recomendação personalizada de acordo com os hábitos alimentares e análise dos dentes.

A preocupação que as pessoas tem com o flúor é em causar a fluorose, que são manchas brancas provocada pela ingestão excessiva de flúor. Esse risco somente acontece se não for administrada a quantidade correta de pasta de dentes.  O bebê e criança pequena não tem a habilidade de cuspir, então cabe aos pais controlar a quantidade certa na escovação de dentes.

E qual a quantidade correta de pasta de dente com flúor?

A medida de um grão de arroz! Sim, é bem pouquinho na escova de dentes, e não encher a escova toda como víamos nas propagandas de televisão no passado.

Outra observação importante: leia o rótulo.

A pasta dental deve conter, no mínimo, 1100 ppm de flúor. Inferior a isso, não há comprovação científica de que proteja os dentes das cáries.

Casos Individuais

Aqui em casa Oliver, de 1a4m no momento em que escrevo este texto, não tem açúcar nos hábitos alimentares dele, não oferecemos nenhum alimento com açúcar. Porém existe o açúcar natural encontrados nas frutas, a frutose, ou mesmo os açúcares dos leites fórmulas. Na consulta dele à dentista os dentes estavam em perfeito estado, sem nenhuma cárie. Portanto, a indicação para ele foi de escovar os dentes 1X por dia com pasta de dente com flúor, e nas demais escovações, usar sem flúor.
Aqui em casa nós temos tanto pasta de dente com flúor como sem flúor!

Para os bebês e crianças pequenas que vão à escola, uma dica é enviar pasta de dentes sem flúor. Na escola nós pais não conseguimos supervisionar se a quantidade de pasta de dente colocada na escova de nossos filhos é a correta.  Portanto é melhor ser sem flúor. Deixa a escovação com flúor para casa, com seu controle.

Relações profissionais

CONVERSE COM A GENTE